FPV - Federação Paulista de VolleyBall

Vôlei Nestlé reencontra sua fanática torcida nesta sexta (25)

24/08/2017

Equipe recebe o Vôlei Bauru no José Liberatti, a partir das 19h30, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Antes da partida, mães atletas do time de Osasco receberão homenagem do clube





Fonte: ZDL

Osasco (SP) - Classificado por antecipação para as semifinais do Campeonato Paulista 2017, o Vôlei Nestlé faz a estreia em casa nesta sexta-feira (25). O time de Osasco recebe o Vôlei Bauru no ginásio José Liberatti, às 19h30, em partida válida pela segunda rodada da competição. Jogadoras e comissão técnica estão animadas para reencontrar sua fanática torcida, que promete comparecer em peso para apoiar a equipe na luta pela primeira vitória no Estadual. Antes do primeiro saque, Carol Albuquerque, Fabíola e Camila Brait serão homenageadas em função do Agosto Dourado.

O resultado adverso na estreia  - derrota por 3 a 0 para o Hinode Barueri - não abalou a confiança do atual campeão paulista. O motivo principal está no fato de o Vôlei Nestlé aproveitar a primeira fase da competição para dar ‘corpo’ ao time, que está renovado. Entre as 11 atletas que integram elenco atual, seis chegaram para esta temporada. São elas Fabíola, Natasha Valente, Mari Paraíba, Ju Mello, Ednéia e Tássia. A líbero disputou o Mundial de Clubes pelo clube de Osasco, mas se integrou ao grupo às vésperas da competição em função da gravidez de Camila Brait. As remanescente são Carol Albuquerque, Paula, Nati Martins, Bruna Neri e Zeni.

Também é preciso levar em conta os desfalques. Sem a ponteira Tandara e a central Bia, que conquistaram os títulos do Grand Prix e Sul-Americano para o Brasil e se preparam para disputar a Copa dos Campeões a partir de 5 de setembro, no Japão; e a oposta Lorenne, que treina para o Campeonato Mundial com a Seleção sub-23, o Vôlei Nestlé tem seu poder de ataque reduzido neste início de Estadual. Outra ausência é a levantadora Fabíola, em fase final de recuperação de uma artroscopia no joelho direito.

Tempo ao tempo - “Temos um grupo renovado e sabemos que criar entrosamento leva tempo. Nosso time é formado por jogadoras experientes e jovens valores e tenho certeza que estaremos prontos para a fase final. Porém, nesse início de trabalho, os altos e baixos são naturais. Treinamos forte nessa semana para corrigir os erros da estreia e esperamos uma boa apresentação em casa. Vontade de acertar e fazer o nosso melhor não vai faltar”, disse Spencer Lee, que comanda o Vôlei Nestlé enquanto o técnico Luizomar de Moura está à frente da seleção do Peru.

Nati Martins ressalta a importância do Liberatti. “Estou com saudade de jogar em casa. Espero que a torcida venha em massa e, como sempre, nos incentive do início ao fim. Tomara que ‘ incendeiem’ o ginásio. O calor dela ainda vai ajudar a acabar com o frio dos últimos dias”, afirmou a central, que completa. “Sabemos que será um jogo difícil, mas trabalhamos forte durante a semana para corrigir os erros, principalmente na relação bloqueio e defesa. Só temos a crescer ao longo da competição, pois vontade e esforço para melhorar não faltam. O fato de já estarmos classificados para a semifinal até nos dá uma certa tranquilidade, mas não tira o foco nem a vontade de conquistar o sexto título consecutivo.”

Agosto Dourado - O Vôlei Nestlé vai homenagear suas mães atletas Fabíola, Carol Albuquerque e Camila Brait antes da partida contra o Vôlei Bauru.O reconhecimento tem uma motivação a mais. Chamado de Agosto Dourado, o mês é dedicado à conscientização sobre a importância do aleitamento materno e Camila Brait mergulhou de cabeça nessa ação ao criar, nas redes sociais, a campanha Atletas Amamentam. A líbero do Vôlei Nestlé está grávida e, portanto, fora das atividades do time neste início de temporada. Contudo, conta com o apoio das companheiras, que gravaram vídeos para serem veiculados no Instagram (@atletasamamentam) e página do Facebook <http://click.presskit.com.br/?usuid=1739613&urlid=362523&url=http%3A//www.facebook.com/atletasamamentam>www.facebook.com/atletasamamentam), além de colocarem em suas redes sociais.

“Meu sonho sempre foi ser mãe. E quando engravidei, comecei a pesquisar tudo sobre maternidade. E descobri que a amamentação ainda causa muitas dúvidas entre as mulheres e carece de mais informação. Por isso criei a campanha, com vídeos no Instagram e Facebook, com depoimentos de mães, atletas e profissionais da área de saúde. Contar com o apoio das meninas do vôlei, seja postando vídeos ou usando a #atletasamamentam, foi especial” afirma Camila, grávida de seis meses de uma menina que vai se chamar Alice.

Mãe na Seleção Brasileira - Tandara também é uma das mães do Vôlei Nestlé. Em função de estar à serviço da Seleção Brasileira que se prepara para a Copa dos Campeões, que será no Japão a partir de 5 de setembro, a ponteira não confirmou presença na homenagem desta sexta-feira porque embarca no mesmo dia para uma série de amistosos contra os Estados Unidos. “Sou a única mamãe da seleção atualmente e é sempre difícil ficar longe da Maria Clara. Sofro bastante, mas é por uma boa causa. É para defender o Brasil, crescer como atleta. Mas quando voltar ao Vôlei Nestlé poderei ficar direto com ela”, conta a atleta sobre a filha de pouco mais de um ano e meio de idade.

Histórico no Paulista - O Vôlei Nestlé é o atual pentacampeão Paulista. O time de Osasco venceu Campinas, em 2012, o Sesi, em 2013, o São Cristóvão Saúde/São Caetano, em 2014, o Sesi, em 2015, e o Pinheiros, em 2016. São seis decisões consecutivas, com cinco títulos e um vice-campeonato em 2011. O clube detém a hegemonia de troféus na competição estadual, com 14 conquistas. O clube da cidade foi campeão nas edições de 1996, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016.

Nutrindo os Sonhos dos Jovens - De olho no futuro e na nova geração do vôlei brasileiro, o Vôlei Nestlé reforçou o DNA de seu projeto ao firmar parceria com o Programa Global "Nutrindo os Sonhos dos Jovens", lançado pela Nestlé na Europa em 2013, e que chegou ao Brasil no final de 2015. A equipe para a temporada 2017/18 deve manter a filosofia de mesclar atletas experientes com jovens, que buscam espaço em um clube tradicional como o Osasco. O programa está voltado para a capacitação de jovens para qualificá-los profissionalmente.

Campeonato Paulista - Divisão Especial
Turno único
18/8 - Hinode Barueri 3 x 0 Vôlei Nestlé
25/8 - Vôlei Nestlé x Vôlei Bauru
5/9 - Vôlei Nestlé x Renata Valinhos/Country
8/9 - São Cristóvão Saúde/S. Caetano x Vôlei Nestlé
12/9 - Sesi x Vôlei Nestlé
19/9 - Vôlei Nestlé x Pinheiros

Credenciamento de imprensa - Os veículos interessados em cobrir o jogo entre Vôlei Nestlé e Bauru devem enviar solicitação de credenciamento para o e-mail redacao@zdl.com.br. É preciso informar o nome do veículo de imprensa, editoria, nome e cargos dos profissionais, juntamente com e-mail e fone de contato.


Patrocinadores / Parceiros

Entidades

Torneios

Novo endereço:
Rua Manuel da Nóbrega, 796
Parque Ibirapuera
São Paulo, SP

E-mail: fpv@fpv.com.br

Telefones temporários:
(11) 3889-7302 / 3887-1039
(11)9 8799-2656 / 9 8799-2706

Copyright © 2014 Federação Paulista de Voleyball - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento PWI