FPV - Federação Paulista de VolleyBall

Com chuva de aces, Vôlei Nestlé bate Hinode e estreia com vitória na Superliga

18/10/2017

Equipe de Osasco sacou com eficiência e além de 11 pontos diretos, quebrou o passe do adversário para vencer por 3 sets 1, fora de casa, na primeira da rodada competição nacional




Fonte: ZDL

Barueri (SP) - O Vôlei Nestlé iniciou sua participação na Superliga 2017/18 como encerrou o Campeonato Paulista: vencendo. O time de Osasco derrotou o Hinode por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 23/25, 25/20 e 25/17, em 1h48min, na noite desta terça-feira (17), no ginásio José Correa, em Barueri. Os times voltaram a se enfrentar apenas quatro dias depois da final estadual, quando Bia, Tandara, Fabíola e cia. conquistaram o hexacampeonato no golden set, por 25/23, após uma batalha de 3 horas. Desta vez, o duelo foi mais rápido, especialmente devido ao saque mortal do Vôlei Nestlé, que conseguiu 11 aces na partida.

Ninkovic, Bia e Fabíola foram as sacadoras mais eficientes da noite, cada uma marcou três aces. Tandara também mostrou habilidade no fundamento e conseguiu dois pontos diretos no serviço. Depois da estreia com o pé direito na Superliga, o Vôlei Nestlé volta à quadra na sexta-feira (20), às 19h30, no José Liberatti, contra o Renata Valinhos/Country, às 19h30, para fazer a primeira exibição diante de sua torcida na edição 2017/18 do campeonato nacional.

Tandara, com 22 acertos, foi a maior pontuadora e ganhou o troféu Viva Vôlei. “O time está de parabéns pelo modo como atuou. Temos trabalhado bastante desde o início do Campeonato Paulista e as coisas estão acontecendo. Estamos muito felizes em conquistar três pontos na primeira partida e jogando com consistência. Sacamos muito bem, quebramos o passe delas e esse foi o diferencial”, disse a ponteira.

Spencer Lee também elogiou a atuação do Vôlei Nestlé. “Quando vencemos o primeiro jogo da final do Campeonato Paulista por 3 sets a 0, há uma semana, aqui em Barueri, o saque e o passe foram determinantes. Na segunda partida da decisão do Estadual, que foi duríssima, erramos 17 saques. Hoje (nesta terça) falhamos apenas cinco vezes nesse fundamento”, explicou o treinador. “Sem a Mari Paraíba, lesionada (torceu o tornozelo na última sexta-feira, na final estadual), a Bruna entrou e foi bem, cumprindo a função tática que havíamos determinado”, finalizou o técnico.

O jogo - O Vôlei Nestlé começou jogando como campeão paulista. Impondo seu ritmo ofensivo, bem no passe e com o saque forçado, complicou a vida das donas da casa. Com Fabíola acionando Lorenne e Tandara, a equipe de Osasco foi abrindo vantagem, que chegou a sete pontos (20/13). Sem perder a concentração, fechou a parcial com tranquilidade em 25/17, em 23 minutos.

O saque voltou a ser uma arma poderosa do Vôlei Nestlé no segundo set. Fabíola, com um ace, fez 3/3 em uma parcial que prometia equilíbrio. A ponteira Bruna - que entrou no lugar de Mari, engatou uma boa sequência no serviço e a equipe de Osasco saiu de um 15/17 para virar no 19/17. Mas as donas da casa voltaram equilibrar e levaram a decisão para as últimas bolas, quando conseguiram fechar por 25/23, em 29 minutos, para empatar a partida.

Tandara e Bia não precisam de incentivo extra para dar o máximo em quadra. Por isso, é bom não mexer com a dupla. Uma marcação duvidosa da arbitragem em um ataque da ponteira no 16/17 mexeu com os brios do time a ponto da central ser punida com um cartão amarelo. Mas, a partir daí, as jogadoras de Osasco se uniram ainda mais e, na base da raiva, desceram o braço, especialmente com Tandara. Bia ainda fez um ace no 22/18 e a oposta Paula, que entrou no lugar de Lorenne, fez 25/20, em 30 minutos.

O quarto set começou e o Vôlei Nestlé manteve a pegada. Com o saque continuando a machucar a recepção de Barueri, foi abrindo vantagem. Bia, Fabíola, Tandara, Ninkovic e Paula mostraram eficiência no fundamento e quebraram o passe das donas da casa. O resultado foi mais uma parcial tranquila, que terminou em 25/17, após 26 minutos, e decretou a primeira vitória do Vôlei Nestlé na Superliga 2017/18 por 3 sets a 1.

O Vôlei Nestlé entrou em quadra com Fabíola (9), Lorenne (9), Bia (12), Ninkovic (12), Tandara (22), Bruna (11) e a líbero Tássia. Técnico Spencer Lee. Entraram: Paula (5) e Kika.

O Hinode Barueri entrou em quadra com Ana Cristina (2), Suelle (9), Erika (9), Edinara (19), Saraelen (14), Fê Isis (7) e a líbero Dani Terra. Técnico José Roberto Guimarães. Entraram Sara(1) e Jaqueline.


Patrocinadores / Parceiros

Entidades

Torneios

Novo endereço:
Rua Manuel da Nóbrega, 796
Parque Ibirapuera
São Paulo, SP

E-mail: fpv@fpv.com.br

Telefones temporários:
(11) 3889-7302 / 3887-1039
(11)9 8799-2656 / 9 8799-2706

Copyright © 2014 Federação Paulista de Voleyball - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento PWI